Versão para impressãoEnviar por E-mail

Educação e formação de jovens e adultos

Educação e Formação de Jovens e Adultos

Educação e Formação de Jovens e Adultos

A educação e formação de jovens e adultos tem os objectivos de oferecer uma segunda oportunidade a indivíduos que abandonaram precocemente a escola  ou que estão em risco de a abandonar, assim como como àqueles que não tiveram oportunidade de frequentar a escola quando jovens e, ainda, aos que procuram na escola por razões profissionais ou de valorização pessoal, numa abordagem de aprendizagem ao longo da vida.

Para permitir novas vias para a aprendizagem e de  progressão foi desenvolvida a Iniciativa “Novas Oportunidades” com um dos objectivos principais, o de alargar o referencial mínimo de formação ao 12.º ano de escolaridade  com a implementação estratégica a assentar em dois pilares fundamentais:

Aumentar a formação de base da população activa;

Permitir que o ensino profissionalizante seja uma opção efectiva para os jovens.

As modalidades de educação e formação de jovens e adultos possibilitam  uma certificação escolar e/ou uma qualificação profissional, assim como o prosseguimento de estudos de nível pós-secundário não superior ou  o ensino superior.

As modalidades de educação e formação de jovens e adultos são as seguintes:

O Sistema de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC) adquiridas ao longo da vida, através da via formal, informal e não-formal, possibilitando aos alunos obter uma dupla certificação académica e profissional. A formação adquirida permite que os alunos tenham acesso a empregos mais qualificados e de potenciar a perspectiva de formação ao longo da vida. Este Sistema desenvolve-se nos Centros Novas Oportunidades, disseminados por todo o país;

Os Cursos de Educação e Formação (CEF) desenvolvidos para alunos a partir dos 15 anos;

Os Cursos de Educação e Formação de Adultos (EFA) e Formações Modulares, para alunos maiores de 18 anos ou 23 anos;

As Acções de curta duração S@bER +”, para alunos maiores de 18 anos;

O Ensino recorrente do ensino básico e ensino secundário, vocacionados para alunos maiores de 15 ou maiores de 18 anos para o ensino básico e secundário, respectivamente;

O Sistema Nacional de Aprendizagem, da responsabilidade do Instituto de Emprego e Formação Profissional, destinados a jovens a partir dos 15 anos.

Rede de oferta de cursos de formação