Versão para impressãoEnviar por E-mail

Docentes admitem sair à rua para exigir cumprimento da ata negocial

O secretário-geral da Fenprof admitiu hoje «encher de professores» a avenida 5 de Outubro, em Lisboa, onde está a sede do Ministério da Educação, para obrigar a tutela a respeitar a ata negocial assinada por Governo e sindicatos.