Versão para impressãoEnviar por E-mail

Nuno Crato pede desculpa por erro na fórmula de cálculo na colocação de professores

O ministro da Educação assumiu hoje no parlamento haver um erro na fórmula de cálculo das listas da Bolsa de Contratação de Escola (BCE), o qual atribui aos serviços do ministério e não às escolas, garantindo que será corrigido.