Versão para impressãoEnviar por E-mail

Associação de Professores Contratados lamenta que Ministério continue a insistir num modelo errado