Versão para impressãoEnviar por E-mail

Microsoft distingue Professores inovadores.

A Microsoft divulgou uma lista onde distingue, a nível mundial, 800 professores inovadores. Entre os nomes agora divulgados encontram-se onze professores portugueses: Rui Lima e Andreia Sequeira, do Colégio Monte Flor, em Lisboa; João Cunha, da Escola Afonso Henriques, em Guimarães; Carla

de Jesus, da Escola Secundária Rafael Bordalo Pinheiro, nas Caldas da Rainha; Carlos Cunha, da Escola Secundária Dom Manuel Martins, em Setúbal; Virgínia Esteves, da Escola José Relvas, em Alpiarça; Ângela Oliveira e Pedro Correia, do Agrupamento de Escolas de Freixo, em Ponte de Lima; Dulce Pinto, do Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade, em Almada; Sónia Barbosa, do Agrupamento de Escolas Álvaro Velho; e José Carlos Marques, da Escola Secundária Pedro de Santarém, em Lisboa.

Estes professores distinguem-se não apenas pela reflexão sobre o papel e potencial da tecnologia na transformação do ensino, propondo novos modelos que permitam tornar as salas de aula em espaços mais inovadores, e procurando dotar os alunos das competências necessárias para responder aos desafios da uma era cada vez mais global e digitalizada, mas também pelo seu papel formativo evidente através da partilha de conhecimento e experiência que decerto inspiram outros educadores e instituições de ensino a integrar a tecnologia como ferramenta pedagógica.

Portugal também ficou bem representado na lista das escolas com duas referências como “Showcase Schools” que se destacam pela forma como introduzem as mais recentes tecnologias em contexto de sala de aula para promover práticas pedagógicas inovadoras e alinhadas com as competências do século XXI (Colégio Monte Flor, em Lisboa e Agrupamento de Escolas de Freixo, em Ponte de Lima.)

Ler mais: