Versão para impressãoEnviar por E-mail

Prova de avaliação docente não é «válida e fiável» e é «pouco fundamentada»

O Conselho Científico do Instituto de Avaliação Educativa defende que a validade da prova de avaliação docente é «pouco fundamentada», e que só se justifica se o Ministério da Educação duvidar da qualidade da formação inicial. Sindicatos de professores aplaudem o parecer.